terça-feira, 24 de novembro de 2009

Notas mudas


Mergulho dentro do meu som, esse som que me alivia a alma e o corpo.
Esse corpo que já foi tatuado de beijos e gemidos, esta alma que hoje se sente ambíguamente aliviada e sofrida.
Não há dualidades dificies de entender...
Quero o que não quero e tenho o que mereço...unicamente isso...
não será o bastante num mundo de frivolidades?

espero que não...
Porquê o medo da palavra "sempre"?! o sempre só é sempre enquanto dura...

27 comentários:

@tt disse...

Nem mais.




Beijo.te

gabrielle disse...

Ainda assim... tenho para mim que há quem tenha mais do que merece, há quem nem queira o que tem... mas isso são outras contas e outro rosário!


Existem "sons" com capacidades terapêuticas inimagináveis :D


beijinho

PandoraSempre disse...

Sempre significa viver cada momento como se fosse unicamente ESSE! E basta!
beijo

desejo disse...

Incrivelmente de acordo contigo.

Dida Prazeres disse...

Huummm... sabes que não gosto do «sempre» (o mesmo se aplica ao «nunca») e não se deve a receios... mas pelo facto de ter essa noção... ser só até... e muitas vezes ter sentido que isso não é entendido pelo outro lado... enfim... semanticas diferentes!! :P

Beijoooooo grande

(o teu espaço está cada vez mais «atraente»... parabens!! ;) )

Vontade de disse...

Cabe a nós mesmos prolongar o sempre...

Prelúdios Fugazes disse...

@tt nem menos...

beijos

Prelúdios Fugazes disse...

Gabrielle todos os rosários contam...invariavelmente há um que se quebra.


beijos

Prelúdios Fugazes disse...

Pandora nunca tive medo de substantivos temporais e espaciais.


Pandora Sempre.


beijos

Prelúdios Fugazes disse...

Desejo incrivel é o que vou lendo de ti.


beijos

Prelúdios Fugazes disse...

Dida Prazeres há que intensificar o diálogo e certificar-nos que falamos o mesmo dialecto.


obrigado


beijos

Prelúdios Fugazes disse...

Vontade de, seguramente, mas parar quando o sempre terminou...


beijos

Mary Jane disse...

"Sempre"...

beijinhos

Luxúria x Tentação disse...

Nós, no Castelo, gostamos de palavras fortes.
"Sempre" faz parte de nós, da nossa composição, e daquilo que gostamos de transmitir aos outros. Como tão bem dizes 'o sempre só é sempre enquanto dura'.




*Beijos*

tulipapreta disse...

Os momentos introspectivos devem ser uma constante, são fundamentais para a redescoberta.
De facto, como bem dizes, Só escutando o mais ténue eco do nosso som interno, conseguimos apreender a essência fundamental à almejada metamorfose.
Beijo doce.

Lalisca disse...

Só avanço perante a força das palavras...sempre.


beijos

Prelúdios Fugazes disse...

Mary Jane sempre que (nos)apetecer.


beijos

Prelúdios Fugazes disse...

Luxúria e Tentação e tão bem que transmitem...


beijos

Prelúdios Fugazes disse...

TulipaPreta não seremos nós uma metamorfose de tudo o que almejamos?
Não serás tu um estágio do que podes vir a ser!?


beijos

Prelúdios Fugazes disse...

Lalisca por isso pisas tão segura de ti.


continuação.


beijos

Veneno disse...

Sou da opinião da menina Lalisca. A força das palavras é decisão nos nossos actos.




abraço

DocePecado disse...

... e como gosto de te ler ...
fugazmente falando ....

Beijo doce

Carla disse...

Ola Prelúdios,venho agradecer-te a visita ao meu blog e ao mesmo tempo retribuí-la...no teu texto usas a palavra sempre...sempre pode ser muito tempo, tempo demais,e todos sabemos que tempo demais cansa....no entanto e tal como dizes...sempre pode ser apenas enquanto o momento dura e isso pode ser fabuloso.
Tal como diz Drummond...""ETERNO, é tudo aquilo que dura uma fracção de segundos,
mas com tanta intensidade, que se petrifica,
e nenhuma força jamais o resgatará."

Deixo-te um beijo e o desejo de bom domingo

Carla disse...

...voltei apenas por isto...de repente olhei com olhos de ver para o teu blog e pensei..."já vi isto em algum lado"...será que não nos cruzamos anteriormente com outras roupas?
Fica a curiosidade...sou um ser curioso, atento e obervador por natureza, ouço e vejo mais do que o que falo, porque se Deus nos deu dois ouvidos,dois olhos e uma boca,deve ter algum sentido, nao?

Beijinho

Prelúdios Fugazes disse...

Veneno é dificil não concordar com a Lalisca. Sabemos.

abraço.

Prelúdios Fugazes disse...

Doce Pecado só me resta agradecer-te humildemente.


beijos

Prelúdios Fugazes disse...

Carla o sempre está tem hora certa no relogio de cada um, nada mais.


Não nos vimos antes, não te deixes trair pela imaginação.


beijos e obrigado